Sol e muito mar em Key West!

Depois de um período em terras brasileiras, essa semana o Vai pra Praia te coloca dentro de um avião que vai te levar direto (e direto mesmo) até a praia de Key West, na Flórida, Estados Unidos.

Gostou da ideia? Então, antes de sair correndo para fazer as malas, confere as dicas bem espertas, detalhadas e empolgantes do nosso entrevistado de hoje, Leonardo Mazzocchi, o Léo, que teve o privilégio de passar um final de semana inesquecível em Key West em 2013. Inesquecível mesmo. A ponto do lugar se tornar a praia favorita dele no mundo.

Não sei você, mas para mim o lugar era totalmente desconhecido antes dessa entrevista. Então, para que possamos começar a nos localizar nessa viagem, aí vão algumas informações bem importantes pra ninguém pagar de turista desavisado por lá.

Conforme nos contou Léo, Key West é o ponto continental mais ao sul dos Estados Unidos. Fica a uns 250 km de Miami e mais próximo ainda de Cuba, mais ou menos uns 150 km (o que faz da praia um lugar por onde muitos cubanos chegam aos Estados Unidos fugindo da ditadura dos irmãos Castro e, consequentemente, um lugar bem militarizado).

Key West

Key West no GPS

Muito bem! Informações básicas armazenadas, vamos agora nos divertir e saber tudo sobre a praia de Key West pelos olhos e lentes do nosso entrevistado. Eu fiquei morrendo de vontade de passar o próximo final de semana lá. Espero que você também!

P.S.: como de costume, comentários em itálicos são todos culpa minha.

Ficha técnica do entrevistado/futuro médico/viajante: Leonardo Mazzochi, mas todo mundo sempre chamou de Léo. 24 anos, já passou ao todo uns quatro desses na praia. Atualmente praieiro só de férias, não surfa e não aprendeu a lidar com o sol. Na última experiência foi parar na Unimed. Estudante de Medicina da PUCRS, possível futuro psiquiatra. Planeja estagiar em um hospital de cada continente até o fim da faculdade. A viagem relatada abaixo foi durante um estágio no Jackson Memorial Hospital de Miami em 2013 e a próxima será em 2014, no Hospital de Moçambique, África.

Key West

Leonardo Mazzocchi, o Léo, em Key West.

Vai pra Praia – Além de ir pra praia, o que você mais gostou na trip para Key West?

Léo – Uma das coisas mais legais de Key West é justamente a viagem até lá. O trajeto a partir de Miami pela U.S. Route 1, tem como cenário durante praticamente todo o tempo nada além do mar. Não é pra menos que essa estrada foi apelidada de ”Overseas Highway”. Durante vários quilômetros não se enxerga nada além do asfalto e do oceano para os dois lados que tu olha.

Isso, junto com uma boa playlist no som fazem com que tu não queira chegar ao teu destino tão cedo.

Key West

Overseas Highway: Com toda essa paisagem durante a viagem, não seria nada mal pegar um engarrafamento, hein?

Além disso, Key West é uma cidade bem antiga e histórica. Apesar de litorânea, tem uma cara de cidade de serra. Basta caminhar umas duas quadras longe da areia que tu já esquece que está perto do mar. O lugar já foi cenário de vários episódios da guerra civil norte-americana, abrigava o presidente Harry Truman durante boa parte do tempo em que ele foi presidente, tanto que chamam a casa onde ele ficava lá de “A Casa Branca de Inverno”. A cidade serviu também de moradia do autor Ernest Hemingway, um dos mais importantes da literatura dos Estados Unidos, enfim, cada esquina de lá traz uma boa história.

Que tipo de pessoas costuma frequentar essa praia?

Não existem restrições. Justamente por esse estilo eclético da cidade de misturar o estilo praia com serra, vida noturna agitada com ambiente histórico, em Key West tu encontra todo o tipo de gente.

Key West

Todo tipo de gente…

Key West

E todo tipo de bicho também.

Na hora da fome, o que tem de bom pra comer lá?

Tive coragem, mas não encontrei a famosa carne de jacaré. Boa parte da Flórida é um grande pântano, então é relativamente comum comer o bicho por lá.
Não encontrei nenhum restaurante que vendesse ali pela beira da praia, então acabei comendo polvo que era o segundo animal mais estranho que consegui pensar. E tava bom!

Key West

Polvo: a vítima devorada. Vai encarar?

Por ser uma cidade histórica e antiga, tem noite boa pra fazer por lá?

Muita! Key West não deixa a desejar em nada nesse sentido. A Duval Street concentra a vida noturna da cidade. Fui a dois bares e recomendo ambos. O Willie T’s é um bar bem conhecido de lá por uma tradição dos seus frequentadores: colar uma nota de um dólar em algum lugar dele. A mania é tão grande que não se enxerga a parede do bar, só as notas. Como estava em um período de vacas magras resolvi não aderir à tradição, fica para uma próxima. O segundo é um bar de parada obrigatória para qualquer pessoa que vai até a cidade. O Sloppy Joe’s funciona desde 1933 e por lá dizem que era o bar favorito do Hemingway. Não sei se dele, mas virou o meu. O lugar mistura o estilo pub com festa. Quando fui, estava tocando um bom som ao vivo e a cerveja era barata. Não precisava mais de muito: estava feita a noite!

Key West

Sloppy Joe’s since 1933.

Key West

Parede milionária do Willie T’s

Você fez amigos lá? Conheceu o amor da sua vida?

Não encontrei o amor da minha vida. Mas pra quem quiser e tiver a quantia de dinheiro certa, dá pra encontrar. A cidade tem algumas “casas de amor-pago” em que as “moças de família” que vivem lá ficam sentadas na frente das varandas, fumando seus cigarros e te chamando pra entrar. E isso tudo acontece no meio do centro da cidade, a luz do dia, estilo Amsterdam (eu estava perguntando de amor! Amor lindo e verdadeiro! Amor pago tem aqui também. Hahahah…).

O que Key West tem para ser a sua praia favorita? O que só Key West tem que as outras não têm?

Com certeza foi um dos pores-do-sol mais legais que já vi. Pela localização, em Key West é um dos poucos lugares que te permite ver o sol se pondo no Golfo do México. Só isso já vale a viagem.

Key West

Pôr-do-sol em Key West: dispensa próximas legendas. Simplesmente lindo!

Key West

Tem alguma história engraçada, bizarra pra contar de lá?

Não quero desencorajar ninguém a ir pra lá, vale muito a pena mesmo. Mas me sinto obrigado a contar que a cidade tem fama de mal assombrada (Ah tá! Legal! Depois que a gente já se apaixonou pelo lugar é que ele vem nos contar isso!). Uma das histórias mais conhecidas é a do “Robert, the Doll”, um boneco de pano que inclusive dizem ter servido de inspiração para o filme “Chucky – O Brinquedo Assassino”. Ainda se pode ver o tal boneco por lá, só que dizem que é proibido tirar fotos dele ou coisas ruins acontecem contigo. Resolvi não arriscar (Que bom! Também não íamos publicar a foto aqui pra fazer todo mundo desistir da viagem). Também tem a possibilidade de fazer um tour noturno por todos os locais ditos mal assombrados da cidade. Até quis fazer, mas faltou parceria (Deus me livre!).

Passou por alguma ruim?

A estrada de volta. O mesmo caminho que é muito bonito de dia pode ser complicado à noite. A escuridão do oceano ao teu redor somado ao fato de não ter nada aberto na beira da estrada dão um sono muito grande. A sugestão é voltar durante o dia também ou muito café e som alto pra não dormir. #ficadica

O que te faria voltar para Key West amanhã?

Curtir mais uma vez aquele pôr-do-sol e depois caminhar até Sloppy Joe’s para tomar uma cerveja.

Key West

Você moraria lá? Por quê?

Provavelmente não. Key West faz mais o estilo final de semana, no máximo um período de férias. A cidade é muito isolada e em baixa temporada deve ser calma em excesso (Entendido. Aí vai do gosto do freguês).

Te liga no passo-a-passo pra chegar em Key West sem erro!

1. Voo até Miami (agora tem até voo direto de Porto Alegre);
2. Alugar um carro no Aeroporto Internacional de Miami;
3. Seguir a U.S. Route 1 até o Km Zero. Key West é o marco de início dessa estrada.

Tudo entendido? Tá esperando o quê? Para quem curtiu as histórias mal assombradas do lugar, aviso que a próxima sexta será uma sexta-feira 13! Aproveita! #vaiprapraia

Anúncios

Um pensamento sobre “Sol e muito mar em Key West!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s