Um Achado Valioso em Meio ao Carnaval

Porque é possível encontrar um pouco do que você gosta em meio a uma multidão.

O cenário é o carnaval na Praia do Rosa. A surpresa (categoria desagradável) do contexto é pequena se levarmos em conta que estamos no Brasil, é Carnaval e estamos na praia.

Quarenta pessoas reunidas em casas onde cabem doze. Os pátios das casas lotados de carros com sons dignos de vencer qualquer competição para ver quem fica surdo primeiro. E, como em todo o verão, eles ecoam aos quatro ventos um hit chiclete no modo repeat até você decorar a letra e nunca mais conseguir parar de cantar.

A beira da praia se transforma em uma verdadeira selva: repleta de animais de várias espécies, todos soltos e fazendo o que bem entendem.

Pessoas desavisadas por todos os lados, que se amontoam no mesmo metro quadrado de areia. No caso da Praia do Rosa, no fim da trilha que dá acesso a beira da praia. Ficam ali, sentados um por cima do outro na Ilha de Caras, como é conhecida internamente, como se não houvesse mais espaço na areia mais adiante.

Carnaval na Praia do Rosa

Vista da “Ilha da Caras” na chegada da Praia do Rosa.

O desfile de coolers e isopores é frenético e sem fim. Todos bebendo o tempo todo, como se a felicidade de suas vidas dependesse unicamente dos quatro dias de carnaval.

Mas, em meio a todo esse cenário que parece ser de terror e pânico, encontrei um pedacinho de pintura dos sonhos. Um pedacinho do que eu considero um cenário perfeito de praia e de felicidade.

Carnaval na Praia do Rosa no blog Vai pra Praia!

Escritório mirim dos sonhos.

Me apaixonei! Reparem neste mini escritório no canto norte da Praia do Rosa. Sério. Todo completo, equipado e fofo.

Um mini guarda-sol, com uma mini cadeira de praia embaixo. O maiozinho roxo, molhado do mar, pendurado do avesso para secar. E mais! A bolsinha de praia de tecido, com estampa infantil, pendurada no guarda-sol, fazendo peso para ele não voar.

Claro que não me aguentei e fui até o acampamento pedir para tirar uma foto. Lá estava uma mãe em forma e bronzeada, com um bebê dormindo no colo e enrolado em uma toalha. Certamente a dona mirim daquela obra de arte que eu tanto apreciei.

Essa sim vai crescer sendo uma praieira de carteirinha! Desde muito novinha já tem todos os aparatos para passar um dia bem estruturada em qualquer praia do mundo.

Isso sim me deu esperanças de que existem pessoas no mundo que curtem praia do mesmo jeito que eu. Em paz. Não me sinto mais um E.T em pleno carnaval.

Que amor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s